O espetáculo

Tempo de Largo, é o 8º e último espetáculo do ciclo mM. De volta ao Teatro, a criação é a consequência lógica do espetáculo criado para a rua/ Jardim Ferreira da Costa, no Poceirão.

Sobre um mesmo conceito, mas outra perspectiva, um novo espetáculo, diferente do anterior, onde se reconhecem os estímulos, mas se realça o pormenor nos corpos e na dança.

Informações

Cine Teatro S. João, Palmela
212 336 630 (das 9h/12h e 13h30/16h)

Entrada: €5
Até aos 25 e mais de 65 anos: €4
Lotação limitada

Local

Cine-Teatro S. João, Palmela
GPS: 38°34'16.6"N 8°54'08.3"W

Ficha artística

44ª Produção – público geral
14 de Outubro, 21.30h | 2016

Ideia e Direcção

António Machado e Sofia Belchior

Coreografia

Sofia Belchior e intérpretes

Composição e interpretação musical

António Machado

Criação fotográfica

Carlos Teixeira

Figurinos

Zé Nova

Design

Utopia Designers

Design web

João Belchior

Interpretação

DançArte – Companhia residente no Teatro S. João, Palmela
Inês Maló, Ivanoel Tavares, Ricardo Mondim e Rita Pinto

Biografias

Criadores
Sofia Belchior

Criadora, coreógrafa, formadora, monitora e produtora, é membro fundador da Passos e Compassos.

Inicia os seus estudos de dança aos cinco anos de idade, na Academia de Dança Contemporânea de Setúbal, com os professores Maria Bessa e António Rodrigues. Finaliza em Julho de 1992 o Curso Complementar de Dança da ADCS.

De 1992 a 1995 foi bailarina da CeDeCe.
Em 1994 participa no Festival Ionge Dans 3 na Academia de Roterdão - Holanda.
Em 1995 participa como coreógrafa/ bailarina na I Conferência Europeia da Dança, realizada em Londres.

Em 1998, frequenta o Curso de Gestores de Programação Artística, promovido pela Culturgest.

Como formadora credenciada de dança, orienta acções de formação para diferentes públicos. Cria e produz diversas peças de dança para diferentes públicos, para a DançArte, mas também em colaboração com outras entidades.

António Machado

Criador, músico, compositor e técnico de sonoplastia e luminotécnia, é membro fundador da Passos e Compassos. inicia os estudos em música aos dez anos de idade, na Academia de Música do Centro Cultural de Beja. É membro fundador de Anonimato com o qual edita dois C.D. Em Julho de 1993 frequentou o Workshop de Frank Kollges, Festival Renânia-Norte Vestefália, Acarte/ Gulbenkian. Em 1995, cria uma peça musical inspirada na recolha de Michael Giacometti para o Museu do Trabalho em Setúbal. Em 2000 cria o suporte musical para uma exposição de um Museu em Elvas. Entre 2005 e 2008, assume a Direcção Técnica do Festival de Teatro de Setúbal, organizado pelo Teatro da Fonte Nova.

Com base num estúdio próprio cria diversas composições, grava trabalhos musicais e orienta formações. Em 2011, participa na Devcon da Eigenlabs, em Denver/ Inglaterra.

Intérpretes
Inês Maló

Em 2006 inicia o curso profissional de formação de bailarinos na Escola de Dança do Conservatório Nacional, concluindo-os na Academia de Dança Contemporânea de Setúbal em 2014.

Em 2011 ingressa na Pequena Companhia (Little Company) da Academia de Dança Contemporânea de Setúbal, onde trabalhou com Iolanda Rodrigues e Daniel Cardoso e interpretou peças de António Rodrigues.

Em 2013 participa no 10º concurso Dançarte do Algarve e participa no Musical Luísa Todi com coreografia de Iolanda Rodrigues e encenação de Miguel Assis.

Em 2014 inicia a licenciatura em Dança na Escola Superior de Dança. Ainda neste ano começa a sua colaboração com a DançArte.

Ivanoel Tavares

Em 2005 integra o Curso Profissional de Formação de bailarinos da Academia de Dança Contemporânea de Setúbal, que finaliza em Julho de 2013.

Em 2012, participa no EcoFashion da AMARSUL e no Concurso Dançarte do Algarve ganhando o 3º lugar com apresentação da peça "Deep".

Em 2013 participa no Musical Luísa Todí encenação de Miguel Assis e coreografia de Iolanda Rodrigues.

Em 2015 é finalista do concurso"Achas que Sabes Dançar" português.

Trabalhou com os coreógrafos, Daniel Cardoso,Rita Spider, Gonçalo Lobato, Pedro Borralho,Iolanda Rodrigues, Filipe Rico, António Rodrigues, Marta Sobreira e Sofia Belchior.

Desde 2013, colabora com a Passos e Compassos/ DançArte.

Ricardo Mondim

Na sua formação profissional consta, entre outros, o Curso de Nível Avançado de Trapézio Fixo, na Escola de Circo Rogélio Rivel, em Barcelona; Formação intensiva com a trapezista Aline Vicente; Formação de trapézio fixo orientado por Zoé Maitre.

Em 2003 foi membro fundador da NeoCirka – Circo de Intervenção Cultural Crl.

Foi coordenador do Projeto “Espaço Lança”, onde dirigiu e participou como intérprete em diversos espetáculos. Desde 2004 colabora com a Cooperativa PIA – Projetos de Intervenção Artística.

Em 2008 é convidado a colaborar como ator e diretor cenográfico no espetáculo “Xerazade não está só”, um projeto Artemrede em Co-Produção com Lua Cheia - Teatro para Todos e Marionetas de Mandrágora.

Em 2012 trabalhou com o maestro e compositor Jorge Salgueiro nos espetáculos “Da cor da água” e “A vida de um vinho”.

Desde 2009, colabora com a Passos e Compassos/ DançArte.

Rita Pinto

Iniciou o curso profissional de formação de bailarinos em 2005, na Escola de Dança do Conservatório Nacional, finalizando-o em 2014 na Academia de Dança Contemporânea de Setúbal.

Trabalhou com coreógrafos como, Iolanda Rodrigues, Marina Sacramento, Patrícia Henriques, Gagik Ismailian e Daniel Cardoso através da Pequena Companhia ( Little Company ) da Academia de Dança Contemporânea de Setúbal de 2010 a 2014.

Em 2013 participou no Musical Luísa Todi e no 10º Concurso Dançarte do Algarve.

Em 2015 fez parte do elenco da Companhia de Dança do Norte no espectáculo ‘Barulhos Nosos’ de Pedro Pires.

Desde 2014, colabora com a Passos e Compassos/DançArte.

Fotografia